Sabiá-Barranco, Turdus leucomelas

Essa semana apresento uma cena muito bonita registrada pelo fotógrafo João Teodoro,  foto tirada na Graúna (Ecovila Goura Vrindávana). Trata-se de um Sabiá Barranco (Turdus leucomelas) alimentando sua prole.

Essa ave pertence à família Turdidae, sendo um pouco menor que o bem conhecido Sabiá Laranjeira, tem característica semi-florestal e vive na borda de matas, áreas abertas e coqueirais.

A identificação entre macho e fêmea só é possível pelo canto diferenciado do macho, isso devido a não apresentar dimorfismo sexual, que é a diferenciação visual do sexo seja pela forma ou coloração. Assim como outras espécies de sábias, circula sobre o solo revirando folhas à procura de pequenos invertebrados, e  no alto de árvores e plantas se alimentam de frutos e sementes. Por circularem sobre o solo e em borda de matas ficam expostos à caça e às agressões causadas pelo homem.

A cena da foto atenta para a diversidade que vive no topo das árvores, entre aves, mamíferos, insetos e plantas. E ao se derrubar florestas, muitos desses animais ficam sem seus abrigos e caminham para extinção. Devemos pensar muito na relação do homem junto à natureza, e procurar entender essa teia complexa e perfeita a qual o ser humano também faz parte e, com esse entendimento, fazer o melhor para uma preservação inteligente.

Sérgio Vieira

A agência  Descubra Paraty é parceira do Portal Paraty.com

 

One Response to Sabiá-Barranco, Turdus leucomelas

  1. por favor me dizem ai como macho canta e a femea tbm como canta tenho 2, 1 grande e 1 pequeno vlw.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


nove − = 6