Furão – Galictis cuja

Olá, amigos!
Nas estradas de rodagem, muitos animais, principalmente mamíferos, são atropelados todos os anos, e a tendência é aumentar o número de atropelamentos se continuarmos a reduzir seu habitat natural, numa desesperada corrida de destruição do que sobrou de nossas riquezas naturais. Todos nós usamos veículos motorizados e utilizamos as estradas, realmente é uma situação que, além de complicada, se torna antagônica ao se levantar a bandeira a favor da preservação da fauna. Mas podemos reduzir o risco de atropelamentos não desmatando tanto, e colaborando com ideias inovadoras ou mesmo colaborando com projetos já existentes. Um desses projetos você pode baixar em seu smart phone e se chama Urubu Mobile – Projeto Malha, que pode ser baixado do Google Play. Tendo um dispositivo móvel como um tablet ou celular, que tenha necessariamente sistema gps e câmera, você pode fotografar um animal atropelado que você tenha visto e enviar para o BAFS (Banco de Atropelamento de Fauna Selvagem), ligado ao CBEE (Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas). Mas só envie fotos de animais selvagens, e não de animais como vaca, cavalo e outros. Dessa forma, você estará colaborando para uma real estatística da situação de atropelamentos de animais selvagens pelas estradas do Brasil. A foto postada nessa matéria é de um Furão (Galictis cuja), representante da família Mustelidae e foi encontrado já atropelado na Rio – Santos na altura no bairro Cabral. Nessa época do ano, não é difícil encontrarmos animais selvagens atravessando as estradas, e nestes casos, animais em risco de extinção, como o Furão, são atropelados. Por favor, atenção redobrada tanto para sua segurança pessoal nas estradas bem como a dos animais selvagens.
Links para baixar o aplicativo:
https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.brainweb.tetra.ufla.urubu&hl=pt_BR
http://cbee.ufla.br/portal/
Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


um + 7 =