Recuperação de áreas degradadas é tema de encontro em Paraty

Nesta segunda feira, 15 de outubro, uma mesa redonda vai reunir biólogos para discutir projetos de recuperação ambiental em áreas quilombolas. O evento acontece em comemoração à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

O objetivo do encontro é mostrar a importância de diagnósticos Sócio-Ambientais antes de se fazer intervenções em áreas quilombolas. No evento, será apresentado o projeto realizado no Campinho, e outro que a UNICAMP já levanta fundos para acontecer, de Corredores Ecológicos e Sistema Agro Florestal no Cabral.

Sinopse:

Abertura: Dr. Carlos Fernando Andrade (LEPAC/ UNICAMP):  Propostas do Lepac para trabalhos ambientais em Paraty, O Carbono Compensado Lepac e o plantio de mudas na arborização da BR-101 e em áreas degradadas de Paraty, com o apoio do ICMBio.

Dr. Ney França Pinto (ICMBio – APA do Cairuçu, Paraty, RJ):  Irá apresentar dados de sua tese de doutorado, envolvendo a Restauração Florestal no Quilombo do  Campinho em Paraty. Sua experiência na criação das parcerias com os quilombolas e o resultado obtido.

Prof. Dra. Eliane Ribeiro da Silva (EMBRAPA, Centro Nacional de Agro Biologia e Pós Graduação UFRJ, Seropédica, RJ):  Pretende relatar os resultados de seus Projetos de Pesquisa Orientados em Áreas Quilombolas, junto ao programa de Pos Graduação da UFRJ . Relatos de mestrados e doutorados orientados ou em orientação, recuperação de erosões e voçorocas. Estudos de recuperação da cobertura vegetal e do solo.

Sandro Paulino de Faria (Empresa Carbono Florestal, São Paulo):  Relato de projetos de recuperação florestal. Produção de mudas certificadas e criação de corredores.  Proposta de Corredores Agroflorestais para o Quilombo do Cabral. Plano de construção de viveiro, coleta de sementes, produção de mudas e plantio com participação comunitária, com geração de renda. Consolidação dos plantios por 3 anos. Sistemas agroflorestais, com aproveitamento econômico.

O evento acontece no Centro Educacional MILLENIUM, Avenida Colonial, s/nº. Portão de Ferro II, às 19hs.

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 2012 ocorrerá entre 15 e 21 de outubro. O tema principal será: “Economia verde, sustentabilidade e erradicação da pobreza”. Na SNCT 2012 serão promovidas e estimuladas em todo o país atividades de difusão e de apropriação social de conhecimentos científicos e tecnológicos relacionados com este tema. Serão debatidas as estratégias e mudanças necessárias para uma economia verde que, em conexão com um desenvolvimento sustentável, contribua para a erradicação de pobreza e a diminuição das desigualdades sociais no país. As pesquisas científicas e tecnológicas, os intercâmbios científicos e o uso generalizado e aberto dos dados e resultados científicos são fatores essenciais para enfrentar estes desafios, tendo em vista os limites naturais do Planeta e a necessidade de estruturas sócio-econômicas renovadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


7 + = quinze