Circuito Off continua com grandes atrações culturais

Cia Dançanteato em De Porto e Alma/ Foto: André Azevedo

Terça-feira, dia 9, às 19h30, na sala do Iphan (praça da Matriz, T. 3371-2180),  A Arquitetura da Destruição, de Peter Cohen, 1989, mostra que o nazismo se desenvolveu de uma política cultural onde a idéia de perfeição na arte levou à idéia de pureza da raça ariana e à guerra sem limites contra a arte moderna até a mistura dos alemães com outros povos, principalmente o judeu, tomado como bode expiatório da crise política e econômica alemã. Grátis.

Quarta-feira, dia 10, às 19h30, na sala do Iphan (praça da Matriz, T. 3371-2180).  A Onda, de Dennis Gansel, 2008, mostra que o fascismo não ficou no passado, mas vive adormecido em toda sociedade e pode despertar dentro de nós, alimentado pelo culto ao poder e à obediência, a partir de uma autoridade auto-conferida por pessoas ou grupos de força, ao invés de delegada pela livre participação e pela representatividade democrática. Grátis.

Quinta-feira, dia 11, às 21h, no Teatro Espaço (rua Dona Geralda, 327, T. 3371-1161), a Cia. de Teatro Rosa Carmo Queiroz apresenta Memórias da Trindade, com a história dessa vila vizinha a Paraty, desde os índios e piratas que a habitaram até a chegada do progresso, que tudo alterou. Com animação em vídeo, bonecos e teatro de sombras, a peça ganhou o prêmio Prêmio Montagem Cênica 2011, da Petrobras. Grátis.

Sexta-feira, dia 12, às 18h, na sala plenária da Câmara (rua Samuel Costa, T. 3371-7513), o trio Terno Carioca apresenta Ernesto Nazareth e outros compositores antigos da MPB, com clarineta, bandolim e violão. Grátis, com lotação limitada. A porta se abre às 17h30. Na abertura do concerto, o grupo Encantando com repertório tradicional nordestino. No encerramento, às 20h, na rua, a Cia.Kambuí com batuques tradicionais nordestinos.

Sexta-feira, dia 12, às 21h, no Teatro Espaço (rua Dona Geralda, 327, T. 3371-1161), o espetáculo de dança De Porto e Alma, da Cia.DançanteAto (foto), com a coreografia rigorosa e contemporânea de Vanda Mota, fala do cotidiano de uma cidade turística, entre as chegadas e partidas de visitantes e do impacto desse ir e vir na cultura caiçara de seus habitantes. Ingressos a R$ 5,00.

Sábado, dia 13, às 18h, na sala plenária da Câmara (rua Samuel Costa, T. 3371-7513), o Sexteto da Grota apresenta Bach, Vivaldi, Händel e outros compositores barrocos com violinos, viola e cello. Grátis, com lotação limitada. A porta se abre às 17h30. Na abertura do concerto, a Folia Voz da Natureza canta músicas da Trindade. No encerramento, às 20h, na rua, os Caiçaras Cirandeiros com música tradicional de Paraty.

Sábado, dia 13, às 21h, no Teatro Espaço (rua Dona Geralda, 327, T. 3371-1161), o Circuito OFF indica o espetáculo Flutuações, do Grupo Contadores de Estória. Uma das principais referências do teatro de bonecos brasileiro, o Grupo Contadores de Estórias é reconhecido no mundo inteiro, tendo se apresentado em inúmeros festivais e eventos, recebido diversos prêmios e merecido críticas e comentários em alguns dos mais importantes veículos da mídia nacional e internacional. Fundado em 1971 pelo casal Marcos Caetano Ribas e Rachel Ribas, o Grupo tem, desde 1981, sua sede no Teatro Espaço, na cidade de Paraty. Reservas: 24 3371-1161 ou 3371-1575. Espetáculos para maiores de 14 anos.

Veja a programação completa do Circuito Off em www.offflip.paraty.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


8 × = vinte quatro